Macuco entra na lista de municípios com macacos infectados por febre amarela

Secretaria de Estado de Saúde confirmou nesta segunda-feira (29), junto com outro caso de febre amarela em humanos no município de Macaé
Em abril um macaco bugio foi encontrado morto em rodovia que corta Macuco (Foto: Arquivo/ Iago Guimarães)
   Macuco passou a integrar a lista de municípios onde foram encontrados macacos com o vírus da febre amarela. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (29) pela  Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro.

   O novo informe epidemiológico também atualiza o número de pacientes infectados pela doença para dezessete. Até sexta-feira passada eram 16 casos: 7 casos em Casimiro de Abreu, sendo 1 óbito; 1 caso em São Fidélis; 1 caso em São Pedro da Aldeia; 2 casos em Porciúncula, sendo 2 óbitos; 1 caso em Maricá, sendo 1 óbito; 2 casos em Macaé, sendo 1 óbito; 1 caso em Silva Jardim, sendo 1 óbito; e 1 caso em Santa Maria Madalena, sendo um óbito. Nesta segunda também foi confirmado mais um caso em humanos em Macaé, mas não há detalhes se a vítima continua internada ou se já recebeu alta.

   O informe divulgado hoje também não especifica em qual área de Macuco foi constatada a infecção do primata e nem se é o mesmo animal encontrado morto na RJ-172, próximo ao trevo da cidade, em 09 de abril.

   Além de Macuco, também foram confirmadas mortes ou infecções em macacos desde o início do surto nos municípios de São Sebastião do Alto, Campos dos Goytacazes, Maricá, Carmo, Rio das Flores, Macaé e Petrópolis.

   Vale ressaltar que os macacos são as primeiras vítimas da febre amarela, que tem ocorrido de forma silvestre no Estado do Rio de Janeiro. Além de ser crime assassinar o animal, também dificulta a identificação de onde o vírus circula.

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Próxima
« Seguinte
Anterior
Anterior »

Itaocara em Foco