Criança de Aperibé luta contra grave doença e precisa de ajuda para tratamento

Medicamento ainda não é autorizado pela Anvisa e por isso o SUS não o oferece. Tratamento com Harvoni pode chegar a R$ 50 mil.
Mesmo doente, Miguel não perde o bom humor (Foto: Divulgação)
   O pequeno Miguel Souza Raimundo Rodrigues, de apenas 10 anos, morador de Aperibé, vem lutando contra uma grave doença. Diagnosticado com Hepatite C Crônica, a doença hoje já está evoluindo para uma cirrose hepática. O tratamento é caro e não é oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

   A esperança para Miguel está no tratamento a base do Harvoni 90/400 mg, que embora tenha eficácia documentada por cientistas, ainda não tem a venda autorizada no Brasil pela Anvisa e por isso, não pode ser oferecido pelo SUS. A importação do medicamento eleva o custo do tratamento para R$ 50 mil, valor que está fora do orçamento da família.

   O caso é grave. A demora no tratamento coloca Miguel em alto risco. Uma conta corrente foi criada no Banco Itaú para arrecadar dinheiro para o tratamento. O número da conta corrente é 08153-3 e o número da agência é 6094. Para outras informações sobre como ajudar Miguel o número de telefone é (22) 98148-4876 (Vanessa Porto).

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Próxima
« Seguinte
Anterior
Anterior »

Itaocara em Foco