Febre amarela: postos de saúde abrirão no sábado (08) em Itaocara

Objetivo é de imunizar 95% do público alvo. Campanha visa atender aqueles que ainda não se vacinaram.
Morador recebe vacina da febre amarela no município (Foto: Arquivo/ Folha Itaocarense)
   Embora a estação das chuvas tenha terminado há três meses, os casos de febre amarela no estado do Rio de Janeiro continuam aumentando. Para proteger a população da doença, a Secretaria de Estado de Saúde lançou uma nova campanha contra a febre amarela. A iniciativa dá continuidade à estratégia de imunizar toda a população fluminense, medida preventiva anunciada no início do ano, expandindo para todo o estado a vacinação em larga escala. No próximo sábado (8/7), acontece o Dia D, data criada para chamar a atenção da sociedade quanto à importância de se proteger contra a doença.

   "A campanha vai mobilizar os municípios para abrirem seus postos de saúde e oferecer a vacina no Dia D e, depois, manter a vacinação na maioria destas unidades. Queremos que, até o final do ano, cerca de 12 milhões de habitantes do estado estejam vacinados contra a febre amarela, evitando novas ocorrências da doença", ressaltou o secretário de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr.

    Até o momento, quase 6 milhões de doses já foram disponibilizadas aos 92 municípios, com prioridade para aqueles considerados mais vulneráveis, de acordo com a avaliação constante do cenário epidemiológico.

   "A população fluminense precisa saber que esse é o melhor momento para se vacinar. As doses estarão disponíveis nos postos e queremos agir preventivamente", explicou o chefe da pasta.

Imunização será incluída no calendário a partir de 2018

   Entre janeiro e junho, a Secretaria de Saúde já disponibilizou 5.926.305 doses de vacinas para os 92 municípios. Com base nos pedidos de reposição de lotes feitos pelas prefeituras à pasta, a estimativa é de que cerca 5 milhões de pessoas já tenham sido vacinadas. A estimativa do Estado é que, entre julho e dezembro, de 5 a 6 milhões de pessoas sejam imunizadas. A partir da solicitação do Governo do Estado, feita no início deste ano, antes mesmo de terem sido registrados casos da doença no território fluminense, a vacina contra a febre amarela passará a fazer parte do calendário de rotina no Rio.

   "Como preconizado pela Organização Mundial da Saúde, o Brasil passou a adotar a dose única da vacina contra a febre amarela, que garante a proteção do indivíduo por toda a vida, assim como já ocorre internacionalmente. Portanto, quem já se vacinou, não importa há quanto tempo, não precisa se vacinar novamente.", reforçou Alexandre Chieppe, subsecretário de Vigilância em Saúde do estado.

Dia D

   O Dia D para a vacinação está marcado para sábado, 8 de julho, quando cinco dos dez postos de saúde de Itaocara deverão estar abertos para receber a população que ainda não de vacinou. Os postos de saúde que estarão abertos são o de Laranjais, de Estrada Nova, de Portela, de Jaguarembé e o Centro de Saúde. Todas as unidades funcionarão das 08h às 13h.

   A meta é imunizar 95% da população alvo, composta por moradores com mais de nove meses até 59 anos. Quem tem 60 anos ou mais, gestantes e nutrizes, deverão receber a vacina após avaliação médica. As nutrizes devem interromper a amamentação por 10 dias e devem se dirigir a serviços de saúde para a orientação e acompanhamento.

   A vacina é totalmente contraindicada para menores de nove meses, pacientes com imunossupressão à doença ou terapias imunossupressoras (quimioterapia, radioterapia, corticoide, etc), transplantados, pacientes que apresentaram reação de hipersensibilidade grave ou doença neurológica após dose prévia da vacina, com história pregressa de doença de Timo, Lúpus, Doença de Addison, artrite reumatoide ou pessoas com doenças hematológicas.

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Próxima
« Seguinte
Anterior
Anterior »

Itaocara em Foco