Mulher é presa após furtos em lojas no Centro de Pádua

Suspeita teria furtado um par de sandálias de uma loja e vestia uma bermuda, furtada de outra loja, por baixo da calça
(Foto: Arquivo/ Folha Itaocarense)
   Uma mulher de 35 anos foi presa em flagrante durante a tarde de quarta-feira (20) no Centro de Santo Antônio de Pádua instantes após ter furtado duas lojas. Um policial civil que voltava do almoço deteve a suspeita quando a viu sendo seguida por uma vendedora.

   De acordo com a Polícia Civil, "R.S.N." foi autuada em flagrante pelo crime de furto. De uma loja ela teria furtado um par de sandálias, mas após revista pessoal na 136ª Delegacia Legal de Santo Antônio de Pádua, uma policial constatou que a suspeita vestia uma bermuda ainda com etiqueta por baixo da calça que usava. A peça também teria sido furtada de outra loja.

   A mulher autuada já é conhecida da Polícia por possuir passagens como desacato, abandono de incapaz, entre outros delitos. Na ocorrência atual, não coube o pagamento de fiança. A mulher será transferida para a Casa de Custódia e ficará à disposição da Justiça.

Dupla é detida com drogas pela Polícia Civil e Polícia Militar em Cambuci

Operação para cumprir mandado de busca e apreensão no bairro Suburbano foi deflagrada nesta quarta-feira (20)
(Fotos: Divulgação/ PMERJ)
   Dois homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico na tarde desta quarta-feira (20) no bairro Suburbano, em Cambuci, durante uma operação deflagrada pela Polícia Civil e pela Polícia Militar.

   Os agentes seguiram para a Rua Valão Dantas para cumprir um mandado de busca e apreensão, expedido diante das investigações que já vinham sendo realizadas pela 142ª Delegacia Legal de Cambuci, juntamente com os agentes da 4ª Cia da Polícia Militar do município. A ação desta quarta-feira contou com o apoio das guarnições da 4ª Cia e Patamo do 36º BPM. 

   No imóvel onde estavam os suspeitos "E.S.S." e "L.M. de F.", os policiais encontraram trinta sacolés de cocaína, um sacolé de maconha, vários sacolés vazios que seriam usados para endolar material entorpecente, um rolo de "plástico film", um simulacro, um aparelho de telefone celular e um frasco de fermento em pó.

   Os suspeitos foram conduzidos para a 142ª DP de Cambuci. Ambos foram ouvidos pela Polícia Civil e autuados em flagrante. Eles foram encaminhados para a Casa de Custódia em Campos dos Goytacazes após passarem por exame de corpo de delito.

Bazar em Portela vai arrecadar dinheiro para castrar animais de rua

Peças serão vendidas com preços a partir de R$ 2,00 na Praça de Santa Beatriz no dia 23, a partir das 15h
    Acontece neste sábado (23) em Portela, distrito de Itaocara, o Bazar Beneficente dos Amigos Solidários dos Animais de Rua. As peças serão vendidas na Praça de Santa Beatriz, a partir das 15h, com preços a partir de R$ 2,00.

   O valor arrecadado será revertido na castração de animais de rua, a maneira mais eficaz de evitar a reprodução descontrolada e minimizar o sofrimento desses.

Retificado às 21h49 (21/06/2018)

Criação de RPPNs avança no estado do RJ

Reservas particulares já protegem mais de 8 mil hectares da Mata Atlântica em todo o território fluminense
(Foto: Divulgação/ Governo do RJ)
   Com o reconhecimento da RPPN Santo Antônio, localizada no município de Conceição de Macabu, no Norte Fluminense, o estado do Rio de Janeiro agora conta com 85 reservas particulares de Mata Atlântica. Juntas, as reservas particulares somam mais de 8 mil hectares do bioma. Somente a RPPN Santo Antônio possui uma área de 1.028,54 hectares

   O Inea tem incentivado a criação das RPPNs em todo o Estado do Rio de Janeiro: o órgão ambiental instrui sobre o processo de averbação e faz o reconhecimento da reserva através de portaria definitiva publicada no Diário Oficial do Estado. Além disso, oferece suporte técnico, com apoio ao georreferenciamento da propriedade.

   As RPPNs são unidades de conservação de proteção integral de propriedade privada e cujas atividades permitidas são educação ambiental, turismo e pesquisa científica. São criadas voluntariamente pelos proprietários e averbadas nas matrículas dos imóveis. O reconhecimento de reserva é perpétuo e acompanha a vida da propriedade, a qual pode ser vendida, doada e/ou transmitida a qualquer título. Nesse sentido, é uma iniciativa muito importante para a preservação da Mata Atlântica, uma vez que, aproximadamente, 80% deste bioma encontram-se em terras privadas.

   – A criação de uma RPPN contribui fortemente para a proteção do bioma Mata Atlântica em nosso estado, principalmente, por ser uma unidade de conservação privada e, por isso, não necessita de recursos públicos para regularização fundiária. A RPPN Santo Antônio representa uma unidade de conservação de proteção integral estratégica para a região Norte/Noroeste, pois vai conectar os Parques Estaduais do Desengano e dos Três Picos. A criação de uma RPPN confere um recurso significativo para os municípios de sua abrangência com o repasse do ICMS ecológico do estado – disse o gerente das Unidades de Conservação do Inea, Andrei Veiga.

   Atualmente, há mais de 50 processos de RPPN em análise. Além disso, já foram realizadas mais de 70 palestras sobre RPPN em vários municípios fluminenses e cinco oficinas de capacitação sobre elaboração de Planos de Manejo para os proprietários das RPPNs.

   Para criar uma RPPN, o proprietário deve protocolar o requerimento para criação no Inea, que irá analisar a relevância ambiental da área.

Três detidos em São Fidélis por furto de energia

Operação da Enel em parceria com a Polícia Civil foi realizada nos bairros Centro e Penha
   Três pessoas foram presas em São Fidélis nesta terça-feira (19) em operação da Enel Distribuição Rio, em parceria com a Polícia Civil, contra o furto de energia. Durante operação de inspeção, técnicos da Enel encontraram irregularidades na medição de energia de residências dos bairros Penha e Centro. Nas próximas semanas, a companhia realizará outras inspeções deste tipo na região.

   Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, o fruto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia.

   Para conscientizar a população sobre o perigo do furto de energia, a Enel Distribuição Rio realiza, além dos operativos, diversos projetos sociais em comunidades, com informações sobre o uso eficiente de energia elétrica, programas para geração de emprego e renda e revisão gratuita de instalações elétricas de consumidores com menor poder aquisitivo.

   Os clientes que quiserem denunciar o furto de energia podem fazê-lo pela internet: http://www.eneldistribuicao.com.br/rj/. Não é necessário se identificar.

Margem do Paraíba do Sul é aterrada com lixo pela Performa em Itaocara

Flagrante de leitor mostra máquina retroescavadeira empurrando o entulho para a margem do rio no Campo de Sementes
Galhos, folhas, terra e resto de obras foram jogados na margem do Paraíba (Foto: Leitor/ Folha Itaocarense)
    O município de Itaocara paga caro pelo serviço de coleta de lixo, porém o serviço prestado não é o esperado. Mais uma vez, a empresa Performa Ambiental foi flagrada despejando resíduos e entulhos em local inapropriado. Agora o local do flagrante foi em plena margem do Rio Paraíba do Sul, próximo ao Campo de Sementes.

   O caso foi denunciado em redes sociais e levado ao conhecimento da Polícia Ambiental. O assunto, amplamente comentado na cidade, também foi comentado por vereadores do município durante a sessão desta terça-feira (19) na Câmara.

    De acordo com o Portal da Transparência da Prefeitura de Itaocara, o município pagou à Performa Ambiental a quantia de R$ 660.830,65 pelo serviço prestado entre janeiro e abril (cerca de R$ 165 mil por mês). Além disso, a Prefeitura ainda pagava à MTR Madalena Tratamento de Resíduos Urbanos Ltda a quantia mensal de aproximadamente R$ 17 mil tratar de todo o lixo recolhido.
Margem do rio foi aterrada próximo ao Campo de Sementes (Foto: Leitor/ Folha Itaocarense)
   No caso do despejo na margem do Rio Paraíba do Sul, a Performa não só descumpre o contrato, como também infringe os artigos 54 e 60 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais). O local também é considerado uma área de preservação permanente (APP), de acordo com a Lei 12.651/12.

    Nesta quinta-feira (21), a Polícia Ambiental esteve no local do despejo e constatou a veracidade da denúncia. Um representante da empresa Performa Ambiental acompanhou a ocorrência e prestou depoimento na 135ª Delegacia Legal de Itaocara.

   No depoimento à Polícia Civil, o representante alegou que o entulho despejado não é agressivo ao meio ambiente e o despejo foi realizado mediante autorização do Secretário de Obras do município. Segundo a Polícia Civil, a empresa foi autuada por crime ambiental. O local onde o lixo foi despejado passou por perícia. O laudo deve sair nos próximos dias.

    A redação da Folha Itaocarense tentou entrar em contato com a Performa Ambiental, mas os números de telefones disponibilizados em catálogos na internet não pertenciam à empresa. Também tentamos entrar em contato com representantes da Secretaria de Obras de Itaocara, mas as ligações caíram na caixa postal.

Petrobras anuncia redução de 1,1% no preço da gasolina nas refinarias

Redução de R$0,02 vale a partir da 0h desta sexta-feira (22). No mês, a queda acumulada é de R$ 0,10.
 
   A Petrobras anunciou hoje (21) redução de 1,1% no preço da gasolina em suas refinarias. A partir de amanhã (22), o litro do combustível será vendido pela estatal por R$ 1,8634, 2 centavos a menos do que o R$ 1,8841 cobrado hoje.

   Desde o dia 9 de junho, quando foi anunciado o último aumento no preço, a Petrobras tem mantido ou feito reduções no valor do combustível. No mês, a gasolina acumula queda de 5,27%, ou seja, de 10 centavos.

Fonte: Agência Brasil

Caminhada contra a violência ao idoso é realizada em Itaocara

Evento para conscientizar a população sobre o tema foi promovido pelo Asilo "O Bem Comum de Todos" e CREAS de Itaocara
(Fotos: Seylor Ornellas e Liliane Eccard)
    Na última sexta-feira (15) foi celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. Em Itaocara, a data foi marcada pela caminhada com os idosos do Asilo "O Bem Comum de Todos" e pela campanha em seguida no Calçadão do Centenário, para chamar a atenção da população sobre o tema.

   O evento foi realizado pelo asilo em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) do município. Além da caminhada, do terminal rodoviário até o Calçadão, houve show ao vivo com o cantor sergipano Michel Átila e uma campanha de conscientização.

   "Com tantas histórias, vivências e sabedoria, eles merecem carinho, respeito e amor! O dia de hoje [sexta-feira, 15] é para combater a violência contra os idosos. Violência é crime! Junte-se a essa causa!", disse Lucas Fully.

   "Comemoramos com o CREAS o Dia do Mundial de Combate à Violência Contra o Idoso. Aproveitamos para convidar a população de Itaocara para fazer uma visita ao Lar dos Idosos, para passar uma tarde, uma manhã, levando afeto e amor a eles.", disse José Carlos Fully.

   Participaram do evento o secretário de Assistência Social do município, Eduardo Antunes, representantes da Pastoral da Saúde, do CRAS e os vereadores Robson e Max.

Chá beneficente

  Nesta quinta-feira (21), às 18h, o Asilo O Bem Comum de Todos (Asilo de Itaocara) promove o Primeiro Chá Beneficente. O evento será realizado no Iate Clube, situado no bairro Sobradinho. A entrada custa R$ 20,00. Haverá sorteio de brindes, música ao vivo e venda de artesanatos.

Fotos:
Equipe do CREAS de Itaocara,. Da esquerda para a direita, Maria Eugênia, Christine Cruz e Karla Ferraz
Jornalista da Folha Itaocarense, Seylor Ornellas, sendo presenteado por José Carlos e Lucas Fully

Procurada pela Justiça é presa em Valão do Barro

Denúncia ajudou a Polícia Militar a localizar a acusada em uma residência no distrito
(Foto: Arquivo/ Folha Itaocarense)
   Uma mulher que estava sendo procurada pela Justiça foi presa durante a segunda-feira (18) no distrito de Valão do Barro, em São Sebastião do Alto.

   Contra "L.S.R.", de idade não informada, havia um mandado de prisão expedido pela Justiça. Segundo informações do 36º Batalhão da PM, a mulher foi localizada em uma residência do distrito graças a ajuda de uma denúncia.

   A acusada foi encaminhada para a 155ª Delegacia Legal de São Sebastião do Alto, onde foi ouvida pela Polícia Civil, e transferida para o sistema penitenciário. A Polícia Militar e a Polícia Civil não informaram qual crime a acusada responde.

Licença de instalação da UHE Itaocara I expira antes do início das obras

IBAMA determinou o encerramento do processo atual e a abertura de um novo licenciamento
Obra no Rio Paraíba do Sul havia sido adiada em 2016 (Foto: Arquivo/ Folha Itaocarense)
   Desde a década de 1980 os itaocarense ouvem falar da construção da usina hidrelétrica no Rio Paraíba do Sul. Nos últimos anos, os movimentos pós e contra o megaempreendimento se intensificaram diante da grande possibilidade da obra sair do papel. Entretanto, em junho 2016, o consórcio anunciou o adiamento do início das obras devido à complexidade das condições estabelecidas pelos agentes financeiros para obtenção dos recursos necessários para a construção do empreendimento. Nesta terça (19) a assessoria de imprensa do consórcio, por meio de nota, anunciou mais um entrave. 

   Apesar das obras não terem começado, o prazo da licença de instalação continuou a correr, e se encerra no dia 29 de julho. Com isso, o IBAMA determinou o encerramento desse processo e aconselhou que o Consórcio UHE Itaocara realize a abertura de um novo licenciamento ambiental. Não há prazo para a conclusão do novo procedimento.

Leia a íntegra:

   "A validade da Licença de Instalação (LI) da UHE Itaocara I, concedida pelo IBAMA em 29 de julho de 2013, com validade de cinco anos, terminará no próximo dia 29 de julho de 2018. Sendo assim, o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) determinou o encerramento desse processo de licenciamento, tendo em vista que não houve obras durante o período. O órgão ambiental orientou que a empresa realize a abertura de um novo licenciamento ambiental mas ainda não existe previsão para a conclusão desta nova etapa.

   O IBAMA também solicitou a UHE Itaocara I a realização de uma campanha de esclarecimento sobre o andamento do projeto. Até o final do mês de julho próximo, uma equipe do Programa de Comunicação Social percorrerá as áreas de influência do projeto, que abrange comunidades nos municípios de Itaocara, Aperibé, Cantagalo, Santo Antônio de Pádua e Pirapetinga, para tirar as dúvidas da população."

Itaocara em Foco