Parte do Cemitério de Itaocara desaba e túmulos são danificados

   Parte do muro do Cemitério de Itaocara desabou por volta das 13 horas deste domingo, dia 13. Com o desabamento, parte do muro e um túmulo veio abaixo. Há também outros dois túmulos que estão prestes a desabar.

   Segundo informações de moradores próximos ao Cemitério de Itaocara, um forte estrondo foi ouvido no início da tarde deste domingo. Era o momento do desmoronamento de terra que afetou parte do único cemitério da cidade. 

   Ao lado do Cemitério de Itaocara, está a obra de uma capela mortuária e que tem um valor estimado em aproximadamente R$250 mil. No local é possível observar que o morro foi escavado para que a obra pudesse ser realizada, entretanto, nenhum tipo de contenção foi construído. Populares acreditam que as chuvas que atingem Itaocara há dez dias também tenham contribuído para o episódio deste domingo.

   A terra cedeu e trouxe abaixo com ela um poste de luz, parte do muro e de um túmulo, o qual duas pessoas estavam sepultadas. As ossadas ficaram escondidas em meio aos escombros. Além do desabamento do túmulo, outros dois também correm o risco de desabar. 

   Mesmo sem estar chovendo, no momento em que nossa equipe estava no local era possível observar que pequenas porções de terra desciam, indicando risco iminente de novos desmoronamentos. De acordo com o Secretário de Defesa Civil de Itaocara, Willian Reis, não há risco de que os desmoronamentos atinjam alguma residência.

   O proprietário da construtora responsável pela construção da capela mortuária informou aos moradores que a terraplanagem do local já havia sido realizando antes da construtora assumir as obras e portanto tal episódio não seria de responsabilidade da empresa.
   
População protesta nas redes sociais

   Postagens reportando o ocorrido lotaram as redes sociais. A população segue indignada com o acontecimento e procura responsáveis pelo incidente e pedem que alguma providência seja tomada antes que novos túmulos venham abaixo.

   "Prefeitura, construtora ou a chuva anormal para esta época do ano, de quem seria a culpa?" Entre os comentários dos internautas as opiniões se divergem quanto ao responsável pelo episódio.

Outro desmoronamento

   Além do desmoronamento na obra da capela mortuária, do outro lado do cemitério um outro desmoronamento põe um túmulo e um poste de luz em risco. Parte do muro, a terra e a sustentação do chão também vieram abaixo e o concreto do chão afundou. 

   As chuvas passadas foram as responsáveis pelo problema, assim como as raízes de árvores que haviam do outro lado do muro. Entretanto, o desmoronamento poderia ter sido evitado se alguma medida preventiva fosse tomada.

Problemas com destino do lixo

   Além dos desmoronamentos, nossa equipe flagrou vários problemas no Cemitério de Itaocara. A demarcação irregular de lotes para túmulos, espaço insuficiente para atender a população local e ainda o destino incorreto de restos de sepultamento, como caixões, roupas e até mesmo restos mortais, que deveriam ser novamente devolvidos às sepulturas.

   Não é a primeira vez que esse problema é relatado pelo Folha Itaocarense. Em maio deste ano, a Prefeitura de Itaocara chegou a se pronunciar sobre o assunto, dizendo que tomaria as medidas cabíveis.

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Próxima
« Seguinte
Anterior
Anterior »